Secretaria de Estado do Ambiente e Inea dão início a plantio de árvores em canteiro central e entrada do Ermitage

O Conjunto Habitacional Fazenda Ermitage vem recebendo um amplo trabalho de reflorestamento e ações de educação ambiental.
  A iniciativa é do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e o objetivo, além da recuperação de todo o trecho da antiga Fazenda, é transformar os moradores em grandes colaboradores durante todo o processo de recuperação ambiental da área.   A recomposição de Mata Atlântica começou a ser realizada com o plantio de 11 mil mudas no ultimo mês de julho em uma área, até então, completamente degradada de 4,5 hectares da antiga fazenda. Outras três mil mudas foram plantadas ao redor do condomínio. A Faixa Marginal de Proteção (FMP) do córrego Ermitage e o seu entorno também receberam duas mil mudas, iniciativa da Associação de Moradores de Teresópolis que tem o apoio do Inea.   O condomínio vai ganhar ainda uma área gramada de 11 mil metros quadrados para lazer e paisagismo e outras 2.500 mudas frutíferas já estão sendo distribuídas em um horto comunitário e no interior dos condomínios. Depois de pronto, haverá um contrato de dois anos para manutenção, além da implantação de um sistema de irrigação em todo o plantio com bombas especiais.   Os trabalhos de reflorestamento tiveram início em julho deste ano, com previsão de conclusão para janeiro de 2018.    
Última modificação em Terça, 29 Agosto 2017 16:33